Physical Therapy - Ostheopaty - Global Postural Reeducation

Physical Therapy, Ostheopaty, Global Postural Reeducation

abril 22, 2017

Crianças à mesa

O seu filho não consegue parar quieto à mesa?
As crianças, quando deixam de ser bebés, passam das suas cadeirinhas próprias de refeição para as cadeiras de adulto. Contudo estas cadeiras não estão adaptadas ao seu tamanho. Na maioria das vezes a criança não consegue estar encostada com os pés no chão/apoio.
Noutro momento falarei sobre a desconfortável posição de "sentado à chinês", sem apoio, durante bastante tempo. É possível estar concentrado nesta posição?
O desafio é que tente comer, quieto, simulando a posição em que o seu filho está sentado. Depois dessa refeição proponho que procure formas de os deixar confortáveis no seu local de refeição, fazendo uso de almofadas e caixinhas.
Aposto que o resultado vai ser muito interessante.
Partilhem comigo a experiência.

abril 04, 2017

Os sofás

Um dia li que o design associava a arte à função. Analisando a evolução dos objetos com que nos relacionamos no dia a dia fico com algumas reticências sobre este assunto..

Olhemos para o antes e o agora de alguns exemplos:
- Secretárias escolares
No tempo dos nossos avós as secretárias escolares tinham uma inclinação maravilhosa que lhes permitia adoptar uma postura mais correta na sala de aula. Hoje em dia o mobiliário escolar não é de todo amigo da coluna. Como vamos assim corrigir a postura das crianças e adolescentes?

- Maples da televisão
Os maples das TVs tem vindo a diminuir de altura, o que nos obriga a olhar para baixo enquanto vemos televisão. Já reparou na tensão que fica na sua cervical após umas horas de sofá?

- Sofás 
Alguém consegue ficar sentado no seu sofá, bem enconstado e com os pés bem apoiados? Pois.. Os lindos sofás são muito mais largos que qualquer coxa portuguesa, tornando-se assim muito desconfortáveis. Alternativas? Por exemplo os cadeirões dos nossos avós.


O desafio é descobrir alternativas que nos ajudem a melhorar a postura, esperando ou apelando para que o design e as tecnologias evoluam privilegiando a ergonomia.


março 26, 2017

Previna assimetrias no seu bebé

Procure ir alterando a forma como pega no seu bebé ao colo. 

Por norma todos temos um membro dominante, o que nos leva a dar colo sempre para o mesmo lado. Uma das formas de prevenir assimetrias no seu bebé consiste em alterar o braço com que lhe pega ao colo, a posição em que o coloca para lhe mudar a fralda, o lado do estímulo quando este está na espreguiçadeira ou nas suas brincadeiras.


No caso de bebés com plagiocefalia ou torcicolo há que estimular o lado para o qual o bebé não roda tão bem a cabeça. O manuseamento do bebé deve ser pensado sempre tendo em vista esta limitação.


março 20, 2017

Tablets no colo não!


Não utilize os tablets no colo! Esta dica é ainda mais importante quando se trata de uma criança. Já reparou como fica a sua cervical quando está a fixar um objeto no seu colo? Computadores, tablets, telemóveis, livros... devem estar à altura dos nossos olhos. 

Só aos 10 anos as curvaturas da coluna criança estão completamente formadas, é fundamental que, principalmente, durante o crescimento o estímulo seja o correto.
A prevenção é a chave da qualidade de vida.

abril 12, 2016

Osteopatia para bebés II

A Osteopatia em bebés visa prevenir alterações futuras que possam surgir, por exemplo, das compressões a que o bebé está submetido na sua vida intra-uterina e no parto, em particular no parto instrumental (ventosa, fórceps).

As técnicas utilizadas nos bebés são muito suaves, respeitando a sua frágil estrutura, sendo a pressão exercida pelo profissional mínima. A grande percentagem do trabalho realizado é a nível craniano.

Os bebés podem ser encaminhados para uma sessão de Osteopatia após a 1ª semana de vida, sendo que quanto mais precoce o tratamento, melhores poderão ser os resultados obtidos. Após a primeira sessão os pais podem começar a constatar as alterações.


Os bebés com as patologias/sintomas abaixo discriminados têm indicação para realizar tratamentos de Osteopatia:
- Plagiocefalia (cabeça assimétrica)
- Torcicolo congénito
- Refluxo gastro esofágico
- Obstrução do conduto lacrimal
- Cólicas
- Patologia respiratória/pulmonar
- Hiperactividade
- Otites frequentes
- Choro prolongado
- Alterações do sono
- Alterações músculo-esqueléticas
- ...

Contudo, mesmo os bebés que não têm sintomatologia, devem ser avaliados por prevenção. O grande objectivo da Osteopatia em pediatria é harmonizar o bebé, intervindo em disfunções estruturais, crânio-sacras e viscerais, partindo do princípio que a alteração da estrutura se repercute na função dessa mesma estrutura. Uma vez que o bebé se está a desenvolver, o tratamento é ainda mais eficaz do que no adulto, tendo um papel fundamental na sua estrutura definitiva.


Testemunho
O tratamento foi muito suave e cuidadoso, conjugando a prática das técnicas realizadas com o relacionamento com o bebé, ou seja tratando e acarinhando. A nossa bebé esteve sempre confortável e por vezes deliciada com pequenos desafios. Como pais saímos com estratégias e cuidados para ela corrigir determinados aspectos e com a nossa filha mais calma e com um grande sorriso.
Jorge Mayer (pai)

A Osteopatia deu uma volta super positiva à nossa vida familiar. Tornou os nossos dias e noites muito melhores, e fez do Simão um bebé muito mais feliz.
Sara Alves (mãe), Grande Porto, abril 2016


Osteopata/Fisioterapeuta
Ana Fernandes

Marcações
tel. 918261857         allfisio.pt@gmail.com

Local dos tratamentos
 Grande Lisboa e Grande Porto (Clínica/Gabinete e ao domicílio)
  
Preços
Preço médio 40€ por sessão (varia em função do local de tratamento)

Os recibos podem ser enviados para os seguros/subsistemas de saúde afim de que o doente seja reembolsado com a percentagem/valor previsto na sua apólice.

janeiro 21, 2016

Osteopatia para bebés

Por vezes sinto que existe nas pessoas um medo em relação à Osteopatia em bebés porque associam a Osteopatia às manipulações, algo "brusco, agressivo". O medo do desconhecido é uma reacção primária de defesa que acompanha o ser humano desde sempre e que tem sido garante da sua sobrevivência. Contudo, este medo também nos impede de avançar. Gostaria de desmistificar esta ideia.
A Osteopatia em bebés visa prevenir alterações que possam por exemplo ter origem nas compressões a que o bebé está submetido na sua vida intra-uterina e no parto, em particular no parto instrumental.
As técnicas utilizadas nos bebés são muito suaves, respeitando a sua frágil estrutura. A grande percentagem do trabalho realizado é a nível craniano.
Quanto mais precoce o tratamento melhores os resultados esperados. Os bebés podem ser encaminhados após a 1ª semana de vida. As técnicas são todas muito suaves e a pressão exercida pelo profissional é mínima.
O meu trabalho é centrado na globalidade e envolve os pais no tratamento. Estes são chamados a intervir e levam sempre trabalhos para casa smile emoticon
A Osteopatia para bebés é uma abordagem apaixonante, um investimento incrível no futuro do seu bebé.
Pronto para experimentar?
Local dos tratamentos: Lisboa, Oeiras e Maia.


setembro 09, 2015

Um presente para os papás :-)

Desta vez são os pais que têm o privilégio de "sentir" o bebé.
Curioso? Veja o vídeo.

https://www.facebook.com/1063MasVariedad/videos/862337150451354/

Porque não brincar com as pernas em postura de "W"?

É muito confortável para as crianças brincar com a pernas em posição de "W" porque é uma posição de grande estabilidade, contudo não é o melhor para ela.
O link abaixo encaminha para um artigo que explica porque não e quais as posturas alternativas. Boa leitura!

http://maplebearjaguare.com/2015/04/06/w-sitting/

setembro 08, 2015

Tummy time

Tummy time (tempo que o bebé passa de barriga para baixo, trabalhando a sua musculatura) é uma das forma mais importante de prevenir a plagiocefalia (cabeça assimétrica) e estimular o desenvolvimento psico-motor do bebé.

Este vídeo explica em que consiste, posturas para introduzir este tempo na rotina do bebé e os benefícios do mesmo.

Aconselho a todos os pais.

http://www.babycenter.com/2_tummy-time-why-and-how-to-do-it_10382139.bc

Dia Mundial da Fisioterapia

8 de setembro

Um dia para reflectir sobre a profissão, um dia para comemorar as coisas boas, um dia para recomeçar a querer mudar o que há para mudar.
Um dia para voltar a amar esta profissão, um dia para continuar a acordar apaixonado com a ideia de que podemos fazer a diferença na vida dos outros.

Parabéns a todos o que trabalham para ajudar a melhorar a qualidade de vida dos que nos rodeiam.